Um adeus para Sir Terry Pratchett

Postado por Sr. B em 13 de março de 2015

Death & Terry

“FINALMENTE, SIR TERRY, NÓS CAMINHAREMOS JUNTOS.”

Terry pegou o braço da Morte e a seguiu através das portas e até o deserto negro sob a noite eterna.

O Fim.

Estas foram as últimas mensagens postadas ontem pela conta oficial no twitter do escritor inglês Sir Terry Pratchett, junto com uma nota oficial de falecimento escrita pelos seus editores. Cercado pela família, amigos e seu gato, simplesmente, Sir Terry nos deixou.

Quem acompanhava sua história já sabia que desde 2007 ele lutava contra o Mal de Alzheimer, que vinha deixando-o bastante debilitado. Entretanto, ainda assim, ele continuou escrevendo com a ajuda de seu assistente e programas de reconhecimento de voz, desta forma também dando o melhor de si para o mundo: suas maravilhosas ideias e criações literárias.

Terry-Pratchett-assisted--007 (1)

A maior obra dele foi a série de livros de ficção fantástica “Discworld“, ambientada num mundo que é essencialmente uma paródia ácida e sarcástica da nossa própria realidade. Sir Terry passou os últimos 32 anos de sua vida publicando livros ambientados em Discworld, nos agraciando com personagens maravilhosos divididos em várias sagas de ordem não-sequencial: As Bruxas, a Guarda de Ankh-Morpork, os Magos e o covarde Rincewind, entre outros. Entretanto é impossível negar que seu personagem mais importante e bem trabalhado dentre todos, ironicamente, é a Morte.

Sir Terry não era inocente, já vinha se preparando para o inevitável há anos. Ele não apenas contribuiu com muito dinheiro para financiar pesquisas para ajudar pessoas com Alzheimer, mas também era um firme defensor da morte assistida, ou suicídio assistido. Defendia que as pessoas deveriam ter o direito de decidir se queriam viver ou não, enquanto ainda tivessem plenas faculdades mentais.

Seus livros o colocaram na posição de um dos escritores de maior sucesso na história do Reino Unido, também como um dos maiores nomes do gênero de ficção fantástica e indiscutivelmente, o maior no subgênero de comédia fantástica (ou ficção cômica). Com um estilo leve e agradável, ritmo ágil e bem cadenciado, ele pontuava suas estórias com um humor irreverente, ácido, negro e adorável. As críticas de Sir Terry sempre foram muito relevantes, ressaltando tudo o que há de pior e de melhor na humanidade.

paul-kidby-disque-monde-the-great-a-tuin-2

Ele nos deixou um último livro da série Discworld pronto, o qual esperamos, será publicado postumamente. Suas ideias e pensamentos divertidos e coloridos deixarão um grande vazio no mundo, do tipo que não é possível preencher. E como disse seu amigo, o também escritor e também best-seller Neil Gaiman, num artigo escrito há quase seis meses atrás:

“Eu me enraiveço com a perda eminente do meu amigo. E penso, ‘O quê Terry faria com toda esta raiva?’ Então pego minha caneta e começo a escrever.”

Com este conselho e a memória eterna de um escritor absolutamente brilhante e inspirador, também estou escrevendo.

2329991390_70b23155d3

5 Hábitos Horríveis de Fanboys (com gifs)

Postado por Sr. B em 11 de março de 2015

FANBOYS

“Fanboy”, na definição do renomado dicionário norte-americano Merriam-Webster, significa “um menino ou homem que é um fã extremamente ou muito entusiasmado de alguém ou algo”. Um bom fanboy pode ser qualquer coisa: menino, menina, nerd, playboy, esperto, burro, alto, baixo, humano ou coelho; não importa. Para o fanboy a única coisa que está acima de tudo é o seu objeto de adoração máxima. Star Wars vs. Star Trek, Marvel Comics vs. DC Comics, Senhor dos Anéis vs. Harry Potter – os melhores fanboys mundo afora adoram uma boa briga… Algo inclusive muito bem ilustrado na hilária comédia como um título sugestivo: “The Fanboys“, de 2008.

Enjaulados eles tendem a serem tímidos e retraídos, porém quando observados livres na natureza, fanboys podem ser criaturas de hábitos interessantes. E alguns destes hábitos recorrentes são o objeto de estudo desta lista:

Continue Lendo →

Seriados: True Detective

Postado por Sr. A em 9 de março de 2015

true-detective-poster

Sem dúvida nenhuma a série revelação de 2014 é True Detective e sinceramente não acredito que alguma outra séria vai conseguir tirar esse título esse ano. Contando com oito episódios em sua primeira temporada, o seriado foi ao ar de Janeiro à Março deste ano e foi absurdamente bem recebida pelo público e pela crítica.

Neste review vamos abordar o que torna essa série única e por que estamos loucos para ver a possível segunda temporada. Afinal não é todo dia que vemos um seriado onde um detetive tão problemático quanto o Rusty com seus traumas do passado e distúrbios neurológicos causados por uma longa dependência com drogas é a pessoa mais sensata em toda uma cidade.

Continue Lendo →

Guia de Harmonização de Quadrinhos e Cervejas

Postado por Sr. A em 6 de março de 2015

cerveja1

Esse artigo pretende unir duas paixões dos coelhos ninjas — cervejas & quadrinhos — para fazer isso vamos listar algumas cervejas que achamos que tem tudo a ver com alguns quadrinhos. Esse nosso breve guia serve como um experimento para que você descubra novos sabores e novas leituras.

Sendo bem sincero, existem uns quadrinhos que ficam muito melhores quando você está bebado e tem umas cervejas que são tão ruins que você precisa focar a sua mente em outro lugar para continuar bebendo. Nossa idéia não é listar nem uma nem outra mas sim oferecer umas combinações testadas pelos coelhos ninjas há centenas de anos e passadas de mestre para discípulo em rituais secretos.

 

Continue Lendo →

Liga Niterói de X-Wing Miniatures: 1ª Etapa

Postado por Sr. B em 4 de março de 2015

Liga Niterói de X-Wing Miniaturas

Começou neste domingo a Liga Niterói de X-Wing Miniatures, o wargame de estratégia da Fantasy Flight Games e lançado no Brasil em Português pela Galápagos Jogos.

A 1ª Liga Niterói é uma realização da Legion Card Games e tem o apoio dos Coelhos Ninjas, que também patrocina o evento. Ao final da Liga o 2º colocado ganhará uma nave (da Galápagos) dos Coelhos Ninjas e uma nave importada (da Fantasy Flight) da Legion Card Games!

Continue Lendo →

7 Momentos Clássicos em The Walking Dead

Postado por Sr. B em 2 de março de 2015

walkingdead_header

Nível de Spoilers: nenhum

The Walking Dead é um seriado que começou despretensioso e rapidamente conquistou a atenção do mundo inteiro com cenas de ação e suspense tensas, dilemas éticos, sofrimento, reflexão sobre a humanidade em meio aos caos e zumbis. Muitos zumbis.

Os fãs da série tem seus personagens e momentos favoritos. Quando “isso” ou “aquilo” aconteceu. Vilões que vieram e que foram, lugares que foram abandonados e assim por diante. Entretanto alguns momentos são praticamente constantes, recorrentes ao longo do seriado que cativa milhões de pessoas. Vamos ver agora quais são os momentos mais clássicos em The Walking Dead?

Continue Lendo →

1 5 6 7